fbpx

Salamanca

A- A A+
Está em... Inicio Notícias As Torres da Clerezia abrem ao público e reforçam a atracção turística da cidade

As Torres da Clerezia abrem ao público e reforçam a atracção turística da cidade

A abertura das Torres da Clerezia reforça a oferta turística da cidade, ao contar com dois percursos inigualáveis no conjunto dos destinos turísticos de interior. Junto às Torres da Clerezia, a visita às Torres da Catedral, Ieronimus, que constitui há anos um dos principais reclames turísticos da cidade.

A abertura das Torres da Clerezia apresenta-se como um novo desafio para a cidade abordado a partir do acordo e compromisso de colaboração entre a Câmara Municipal de Salamanca e a Universidade Pontifícia de Salamanca. Pretende-se, também, uma gestão sustentável. Neste sentido, a Câmara Municipal de Salamanca, através do Turismo de Salamanca, sociedade municipal encarregue pela promoção turística da cidade, irá gerir este percurso em colaboração com a Universidade Pontifícia de Salamanca.

Para tal contrataram o serviço de apoio às visitas, serviço que será atendido por uma equipa constituída por dez pessoas. O montante angariado a partir da venda de entradas e da venda de merchandising destina-se ao pagamento deste serviço, que cria dez novos postos de trabalho na cidade. Mais uma vez, coloca-se o património ao serviço da cidadania e da valorização da cidade. O turismo e o património demonstram a sua importância económica e social.

Percurso

A entrada encontra-se na rua Compañía, na porta da dupla escadaria que dá acesso ao edifício da Universidade Pontifícia. O percurso turístico começa no vestíbulo e, quando estiver dentro, a projecção audiovisual Lorem ipsum ad his scripta blandit oferece ao visitante um primeiro ponto de partida da visita, com imagens da construção do edifício e dos arquitectos.

Depois de subir, acede-se aos “matroneos” ou tribunas, onde a partir das suas galerias se visita o interior da Real Clerezia de São Marcos, destacando a primeira varanda à qual o cliente terá acesso, e a sua proximidade ao altar maior e o seu magnífico retábulo barroco.

Este espaço está dividido em três salas. Na primeira delas, sob o título de “O princípio e o fim”, o visitante poderá contemplar retratos de Dona Margarida de Áustria e Felipe III, e documentação sobre a fundação do Colégio Real da Companhia de Jesús, anterior e posterior à expulsão dos jesuítas.

Numa segunda sala, as vitrinas oferecem informação sobre os inícios e etapas da construção do edifício, os antecedentes e a influência de outros traçados históricos, os colégios da Companhia em Espanha e a sua expansão americana. Documentação sobre os arquitectos, Juan Gómez de Mora e Andrés García de Quiñones, sobre os retábulos da capela maior e do cruzeiro. Uma terceira sala dedica-se ao “novo renascer”.

O percurso continua pela escada de acesso às duas torres da igreja. A subida pelas escadas, denominada do sineiro, totalmente restaurada, está ambientada com uma intervenção de luz e som, que entretém o visitante. Já nas torres, acede-se ao corpo dos sinos e podem-se contemplar diferentes perspectivas da cidade. A passagem entre ambas as torres permite uma vista única de Salamanca, com a sua Catedral ao fundo, a Praça de Anaya e outros edifícios da Universidade de Salamanca, panorâmicas singulares que o visitante jamais tinha conhecido.

O investimento municipal efectuado é de um total de 790.000 euros, dos quais 650.000 destinaram-se às obras de restauração e acondicionamento, e 140.000 euros à musealização do percurso.

Preço das entradas para a visita à Scala Coeli. Visitar as Torres da Clerezia custa 3,75 € por pessoa ou 3,25 € se for em grupo. Será gerida também uma entrada conjunta na qual se inclui também o percurso guiado pela exposição de quadros sobre a vida de São Inácio Vita Ignatii. Acção e Contemplação, situada no claustro do Colégio Real.

Preços:         

Entrada individual: 3,75 euros.

            Entrada em grupo: 3,25 euros.

            Entrada conjunta individual de Scala Coeli. As Torres da Clerezia e da Vita Ignatii. Vida e contemplação: 6 euros.

            Entrada conjunta em grupo de Scala Coeli. As Torres da Clerezia e da Vita Ignatii. Vida e contemplação: 5 euros.

www.torresdelaclerecia.com 

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.

Utilizamos cookies propias y de terceros, para realizar el análisis de la navegación de los usuarios. Si continúas navegando, consideramos que aceptas su uso. Aviso Legal